24.04.2019
Sistema de baixas pressões do Madagáscar poderá atingir Cabo Delgado
O Instituto Nacional de Gestão das Calamidades (INGC) garante estar com a devida atenção para responder ao sistema de baixas pressões formado na região norte do Madagáscar que, entre quarta e quinta-feira, poderá atingir a parte norte da província de Cabo Delgado, norte de Moçambique, e o extremo sul da vizinha Tanzânia.
 
 O Conselho Técnico de Gestão de Calamidades, órgão que integra o INGC, Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, os Ministérios da Saúde e da Agricultura e Segurança Alimentar e parceiros de cooperação, esteve hoje reunido em Maputo, para analisar a situação meteorológica e hidrológica do país dos últimos sete dias.
 
 Falando minutos após o término do encontro, o porta-voz do INGC, Paulo Tomás, disse ser prematuro avançar com medidas a serem tomadas para o sistema de baixas pressões, porque ainda se trata de uma previsão.
 
 “Estaremos também atentos quanto a evolução desse sistema, como sabem o INGC, o INAM, a Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos trabalham de forma integrada”, disse.
 
 Garantiu que terça-feira, o INAM deverá reunir informações mais concisas sobre o sistema para poder alertar aos parceiros de cooperação sobre eventuais modalidades que poderão ser iniciadas em Cabo Delgado.