30.09.2020
Ilha de Moçambique expõe potencialidades socioculturais aos turistas

 

O Conselho Municipal da cidade da Ilha de Moçambique, está empenhado na promoção de actividades, no âmbito do esforços tendentes a visualizar a sua imagem e o turismo que a Ilha oferece, através da divulgação das suas potencialidades sociocultural.
 
De entre as actividades de promoção da imagem da Ilha de Moçambique, o destaque vai para a construção da sinalética, placas que identificam os principais monumentos históricos, os bairros, produção de artigos promocionais, para além dos principais roteiros turísticos.
 
Segundo o responsável da área turística da Ilha de Moçambique, Mussagy Neeno Octaviano, o objectivo é resgatar o nome da Ilha de Moçambique que em tempo foi a capital moçambicana, trazendo visitantes que possam usufruir o melhor da sua riqueza sociocultural. “ Na entrada do município colocamos uma placa em formato de barco a vela, uma espécie de cartão-de-visita, desejando aos que entram boas vinda e aos que saem, boa viagem.
 
Logo na entrada da zona insular da Ilha, apresentamos uma escrita I. MOÇAMBIQUE, onde o I significa Ilha, o ponto em forma de coração é o amor pela terra que deu o nome ao país, Moçambique. Queremos que as pessoas interpretem de diversas formas, usando, o português, mas também o inglês, etc. Para nós queremos expressa que a Ilha ama Moçambique”, disse Mussagy Octaviano, Director do Turismo do Município da Ilha de Moçambique.
 
 “ Estas actividades são resultados de um esforço coordenado com as demais instituições parceiras, no âmbito do Cluster da Cooperação Portuguesas da Ilha de Moçambique; União das Cidades Capitais da Língua Portuguesa, UCCLA; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Lúrio, FCSH; Gabinete de Conservação da Ilha de Moçambique, GACIM, Governo do Distrito, Instituto Médio Politécnico da Ilha de Moçambique, IMPIM, Associação Ilha de Moçambique e Associação dos Pequenos Empresários de Turismo da Ilha de Moçambique, APETUR”.